Sacroileíte: o que é, sintomas e tratamento

sacroileíte é uma patologia causada pela inflamação das articulações sacroilíacas, que unem o osso sacro ao nosso quadril.

Articulações Sacroilíacas

O sacro é um osso originado pela fusão de cinco vértebras, o qual se associa à bacia, ao cóccix e à quinta vértebra lombar, situado na pelve e cuja anatomia é piramidal. Este osso apresenta quatro faces, pois sua estrutura é quandrangular, sendo elas duas laterais ou auriculares, uma posterior ou dorsal e uma inferior ou ilíaca.

As faces auriculares se articulam com os ossos do quadril; a dorsal tem formato convexo e possui diversos acidentes ósseos, dentre eles os forames, os tubérculos, as cristas e os hiatos; a ilíaca, por fim, é a face pela qual o presente artigo se direciona, seu formato é côncavo, apresenta quatro forames sacrais e quatro cristas, as quais correspondem ao que já fora os discos invertebrais.

É importante enfatizar que o sacro se articula com o osso do quadril, ou seja, o osso ilíaco, este é formado pela fusão de três ossos – o ílio, o ísquio e a púbis. A articulação entre o ilíaco e o sacro recebe o nome de articulação sacroilíaca, a qual participa do movimento de rotação e deslizamento.

Os ligamentos que unem os dois ossos são: o sacroilíaco anterior, sacroilíaco posterior e sacroilíaco interósseo. Os ligamentos sacroilíacos são densos, promovem estabilidade para a articulação e fixação para outros ligamentos adjacentes.

Participam da articulação sacroilíaca, os músculos glúteo médio, glúteo maior, piriforme, gêmeo superior e obturador interno.

Sabendo os ossos, os ligamentos e os músculos envolvidos na articulação sacroilíaca, é possível entender do que se trata a patologia sacroileite, suas causas, sintomas e tratamento.

sacroileite

O que é sacroileíte?

Sacroileíte é uma doença articular, isto é, é considerada uma espondiloartropatia, cujo significado é patologia articular das vértebras, já que o termo “spondylos” significa vértebra. A relação entre sacroileíte e espondilite é de que a primeira se insere no espectro da segunda, uma vez que o sacro seja uma união de vértebras, a sacroileíte pode ser considerada uma patologia articular de vértebras.

A sacroileíte consiste em uma inflamação na articulação sacroilíaca, ou seja, entre o osso sacro e o ilíaco, condição que causa desconforto e dor durante movimento ou mesmo quando a pessoa acometida se encontra parada, pode ser uni ou bilateral, isto é, quando apenas uma articulação sofre inflamação ou quando ambas apresentem a inflamação.

É uma patologia que afeta mais aos homens do que às mulheres, um exemplo de pessoa acometida pela sacroileíte é o jurista brasileiro Joaquim Barbosa, que se afastou do cargo devido à doença.

Tratamento da sacroileíte

O tratamento para solucionar a inflamação na articulação sacroilíaca é geralmente conservador, ou seja, envolve fisioterapia, medicação, atividade física e terapias adicionais. No entanto, há alguns casos que requerem intervenção cirúrgica.

Inicialmente, vale acrescentar, que o repouso é indicado, porém não se trata de um repouso incapacitado, mas associado à atividade física ou fisioterapia. Isto quer dizer que o paciente acometido pela sacroileíte não deverá permanecer de resguardo, mas sim procurar realizar atividades programadas e orientadas, ao mesmo tempo evitar atividades realizadas equivocadamente e que esforcem a articulação.

A fisioterapia é essencial, pois é uma alternativa que promove a correção da postura, o fortalecimento e o alongamento dos quais a articulação como um todo necessita, sendo realizada de uma maneira supervisionada, orientada e com cautela.

Para que a fisioterapia seja mais confortável e assim, mais eficaz, pode-se utilizar medicamentos que aliviem a dor, isto é, para que a dor não impeça a realização das técnicas fisioterápicas. Os fármacos utilizados são os analgésicos e os anti-inflamatórios, podendo ser hormonais ou não hormonais, porém, os corticóides costumam surtir um efeito mais eficiente, estes últimos podem ser administrados de forma injetável.

A atividade física é recomendada quando a inflamação estiver controlada e jamais poderá ser realizada sem supervisão profissional e sem indicação médica. É preciso informar o profissional que ditará os exercícios sobre a condição da sacroileíte. No mais, a atividade física bem orientada proporciona fortalecimento, flexibilidade e melhora na circulação sanguínea, este último benefício contribui com a melhora da distribuição de minerais, tornando as estruturas da articulação oxigenada e nutrida.

Além do mencionado acima, a atividade física diária contribui também com a redução do peso, ou seja, quando a causa da patologia for relacionada ao sobrepeso, indica-se pelo menos trinta minutos de exercício aeróbico diariamente.

A acupuntura pode ser utilizada para auxílio no tratamento de dores da sacroileíte. Muitos pacientes com dor crônica acabam sofrendo de dores musculares, ou perda muscular associada à sacroileíte.

Outras terapias podem ser utilizadas ainda no tratamento conservador, dentre elas a radiofreqüência e a eletro-estimulação. Já no tratamento mais invasivo, pode ser proposta a cirurgia, que consiste na fusão ou artrodese.

Compartilhe a informação
Quadril-Brasília
Quadril-Brasília

Dr. Márcio R. B. Silveira, criou a Clínica Salus Ortopedia, Fisioterapia e Acupuntura em Brasília / DF, para atuar principalmente no tratamento de lesões de cartilagem, buscando sua reparação e transplante; rupturas ligamentares articulares e sua reconstrução biológica e prevenção; tratamento da artrose, com medidas medicamentosas e artroplastias; tendinites e rompimento de tendões provocadas tanto por atividades esportivas, como por alterações degenerativas; fraturas em idosos que apresentam ossos mais frágeis; e enfoque na reabilitação muscular e postural, através de protocolo exclusivo baseado na análise cinemática da marcha.

No Comments

Escreva uma Mensagem ou Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *